quarta-feira, 11 de maio de 2011

PLANO DE AULA - PLANETA ÁGUA


PROFESSORA: Gelcina da Silva Oliveira Antunes – 4º ano. Escola Irene Rickli.
CONTEÚDO: Ciclo da água, desperdício e escassez da água
DISCIPLINA
: Ciências e Português
RECURSOS/ TICs: Internet (letra e vídeo), computador, impressora, multimídia, aparelho de som, pen drive, dicionário, etc.
AVALIAÇÃO: Instrumentos: Desenho, leitura e a participação.

OBJETIVO GERAL
: Entender que a falta de água potável no planeta Terra é prejudicial para a sustentação da vida.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
: 
Observar a utilidade da água em várias situações.
Identificar o ciclo da água dentro da letra da música.
Expressar de forma artística a letra da música.
Relacionar a letra da música com a atual situação do planeta.

ENCAMINHAMENTOS:
  • Utilizar o multimídia para passar o vídeo da música PLANETA ÁGUA (com vários cantores: Guilherme Arantes, Sandy e Jr, Zezé de Camargo e Luciano), retirado do YOTUBE – internet.
  • Passar o vídeo do ciclo da água.
  • Ler a letra da música, grifando as palavras que não conhecem(site: letras.mus.br).
  • Pesquisar as palavras desconhecidas no dicionário.
  • Interpretar os parágrafos 15, 16, 17 e 18, através de ilustrações(condensação e vaporização).
  • Através do desenho e do vídeo, compreender como acontece o ciclo da água ou parte dele.
  • Elaborar uma lista de atitudes que podemos ter para economizar água em nosso cotidiano.
  • Impressão de um cartaz com o ciclo da água. (google images)

Água que nasce na fonte serena do mundo
E que abre o profundo grotão
Água que faz inocente riacho e deságua
Na corrente do ribeirão 
Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população
Águas que caem das pedras
No véu das cascatas ronco de trovão
E depois dormem tranquilas
No leito dos lagos, no leito dos lagos
Água dos igarapés onde Iara mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora 
pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão
Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes são lágrimas na inundação
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra, pro fundo da terra
Terra planeta água... terra planeta água
Terra planeta água.

REFERÊNCIAS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário